Abra-o-olho-2015-596x645

Pelo décimo sétimo ano consecutivo, o Abra o Olho foi às ruas na última Sexta-feira Gorda fazendo a abertura do carnaval do Recife. Logo cedo, a concentração reuniu um bom público na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Pernambuco – Sindsep-PE.

A saída da agremiação se deu na Praça Oswaldo Cruz, defronte ao Teatro Valdemar de Oliveira. Que mírdia é essa, Brasil? Foi o tema de 2015. O percurso do bloco repetiu-se como nos anos anteriores, percorrendo toda a Avenida Conde da Boa Vista com a apoteose na Rua da Aurora, no encontro com o Galo da Madrugada.

O Abra o Olho é um bloco carnavalesco com uma missão política. Todos os anos, de uma forma irreverente, a agremiação aborda temáticas que estão em pauta na sociedade. Com o tema Que mírdia é essa, Brasil?, o sindicato procurou despertar para a necessidade de lutar pela democratização da comunicação no Brasil.

Atualmente, os principais veículos de comunicação estão nas mãos de poucos conglomerados, que atendem única e exclusivamente os interesses do capital. Com essa concentração midiática, as empresas de comunicação pautam a sociedade de forma equivocada, criminalizando ideais progressistas e movimentos sociais.

A proposta da ala mais à esquerda da sociedade é lutar pela democratização da comunicação, que passa pela criação de um marco regulatório. Do jeito que estão organizados esses conglomerados de comunicação, eles infringem a legislação que rege a radiodifusão brasileira. Infelizmente, até o termo democratização da comunicação, a grande mídia tenta criminalizar, dizendo que ele vai de encontro com a liberdade de expressão. No entanto, uma coisa não anula a outra. A ideia de democratizar é para justamente permitir que haja pluralidade e diversidade da informação.

Abra-o-olho-2015-02

Representantes da Associação dos Blogueiros do Estado de Pernambuco – AblogPE juntou-se ao bloco na crítica à concentração midiática brasileira, uma das maiores do mundo. Tanto o Sindsep quanto a AblogPE defendem a democratização da comunicação, onde a diversidade e pluralidade de informação prevaleçam. “O Sindsep-PE entende a comunicação como um direito humano, onde todos tenham voz e os meios de comunicação não representem interesses de uma minoria, controlada pela elite econômica e política”, destacou Graça Oliveira, coordenadora do sindicato.

Fotos: Josimar Cavalcanti